P. Anônimos

– Oi, tudo bem. Desde de pequeno meu pai e minha mãe eram legais comigo, cresci ouvindo “eu te amo” e com todo tipo de informação. Eu ia pra escola de carro, quem me levava era sempre meu pai ou minha mãe, nunca o motorista. Eu era o mais bonito da sala, ficava com um monte de meninas, acho que era porque eu também jogava futebol na seleção do colégio. Dos meus amigos eu fui o primeiro a fazer sexo, e não foi com prostitua não, foi com minha namorada que eu amo. A gente ta junto até hoje, tem gente que critica, mas ela deixa eu sair com outras meninas quando eu quiser pra dar uma variada, as vezes ela mesmo participa, mas nunca me pediu pra fazer a mesma coisa por ela.  Ganhei meu primeiro carro com 18 anos. Não era carrão, era um carro bacana, de universitário. Me formei com 21, em Culinária. Lembro que quando eu contei pros meus pais, nossa… eles me apoiaram na hora, na hora. Hoje eu tenho uma pousadinha no Litoral, que é onde eu moro.  E também tenho um restaurante japonês aqui em São Paulo, que é onde eu janto. Meu nome é Joaquim e eu também não tenho nenhum problema.

Desatou a chorar. Os ouvintes bateram palmas e em coro disseram:

– Oi Joaquim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: