A moça do 22 mandou pro rapaz do 54

26.setembro.2011

Desejei nunca ter te conhecido, odiei tudo que me fez chegar a você. Eu amei a ignorância do mundo que abriga tantas pessoas incríveis que a gente não conhece e nem vai conhecer.

Eu queria que você não existisse. Nem ela. Nem eu. Nem ninguém.

Se tudo fosse apenas vazio, o medo e amor não seriam capazes de habitar em um se quer peito. Não haveria sonho, nem pesadelo.

Aquela vontade de ser sozinha bateu, não, esmurrou minha porta de novo. A aflição de sentir no presente que você não estará no futuro me bloqueia e me faz te querer longe. Mas eu quero te querer perto e quero que você me queira também.

Eu não posso me querer por você. Nem te querer por mim, não da pra pedir ou encomendar? Como faz?Acho que eu amo nós dois e também acho que eu nao sei fazer isso…Ou você me ensina…ou…Se você também não souber a gente pode até aprende junto…quem sabe…Se você quiser, claro…Ou…Ou eu vou fugir de novo. Não me deixa escapar no meio da noite como eu sempre faço.

 O rapaz pensou horas e horas na resposta. E demorou mais horas e horas pra aceitar que ela estava ali:

   Desejei nunca ter te conhecido, odiei tudo que me fez chegar a você. Eu amei a ignorância do mundo que abriga tantas pessoas incríveis que a gente não conhece e nem vai conhecer.

Eu queria que você não existisse. Nem ela. Nem eu. Nem ninguém.

Se tudo fosse apenas vazio, o medo e amor não seriam capazes de habitar em um se quer peito. Não haveria sonho, nem pesadelo.

Aquela vontade de ser sozinho bateu, não esmurrou minha porta de novo. A aflição de sentir no presente que você não estará no futuro me bloqueia e me faz te querer longe. Mas eu quero-te querer perto e quero que você me queira também.

Eu não posso me querer por você. Nem te querer por mim, não da pra pedir ou encomendar? Como faz? Acho que eu amo nós dois e também acho que eu não sei fazer isso…Ou você me ensina…ou…Se você também não souber a gente pode até aprender juntos…quem sabe…Se você quiser, claro…Ou…

Ou você vai fugir de novo? Não, não me te deixo escapar no meio da noite; como eu sempre faço e farei.

Se tudo fosse vazio, seria vazio.


Cartoon Network, a gente faz o que a gente quer.

25.setembro.2011

Um menino vê uma menina andar no parque, e ama.

Um menino vê um parque e uma menina que anda a amar.

Um parque ama ver uma menina e um menino andar.

Um parque anda, e um menino e uma menina amam.

Um parque anda no menino e na menina que se amam.

 

A gente faz o que a gente quer.


Aquela que a língua não deu conta

25.setembro.2011

Na esquina ele cantava sobre Luiza, Bia e Paula, amores do passado, presente e futuro, todas com sua graça. Em casa lembrava daquela que teria feito o tempo parar.